BREVES ORAÇÕES A SÃO JOSÉ

BREVES ORAÇÕES A SÃO JOSÉ * São José, Pai de meu coração! Vosso nome ande sempre em meus lábios, vossa lembrança não se aparte de meu espírito, para que, na minha hora extrema, vosso nome santíssimo seja o último que eu pronuncie, unido ao de Jesus e ao de Maria.  * Salve, São José, pai dos pobres, refúgio dos miseráveis, amparo de todos os cristãos! Alegra-se minha alma de ver-vos tão alto no céu, elevado acima dos querubins e serafins, tão junto de Jesus e Maria, tão chegado ao trono da Santíssima Trindade. Vossa glória é imensa, vosso poder não tem limites. Rogo-vos, pai meu e Senhor de meu coração, que me tomeis sob vossa guarda e me livreis de todo mal. A vós me consagro, a vós me entrego.  * São José, sereis sempre meu guia, meu protetor, o distribuidor dos tesouros de Deus para minha alma. Sim, tenho confiança em vós. Aumentai cada dia, na minha alma, a devoção filial para convosco e sede para mim pai amoroso.  * São José, se na terra não houve grandeza maior que a vossa, creio que também não haverá no paraíso. Rogai por este vosso filho, para que um dia vos contemple reinando com Jesus e Maria.  * Do céu, parece Jesus entregar-nos a São José, como na cruz nos confiou à sua divina Mãe. “José, eis aí teu filho!” diz Ele ao glorioso Patriarca. Depois, dirigindo-se a nós: “Eis aí vosso Pai!” Sim, Jesus, é com júbilo, é com júbilo imenso, com gratidão desmedida que recebo o vosso Pai por meu Pai e que me dou a Ele por filho. Chamai, bom Jesus, todas as almas ao conhecimento e ao amor deste bom e amado Pai. Por Ele cheguemos a Maria, nossa Mãe amabilíssima, e a vós meu Senhor e meu Deus, nesta vida e por toda s eternidade. * São José, como não ficou vossa alma, dessa virginal convivência de trinta anos, com a mais perfeita das criaturas? Contemplo-vos e parece-me que estou contemplando a Virgem das virgens. Ouço-vos e vossas palavras me parecem as dela. Maria é toda semelhante a Deus. Vós sois todo semelhante à Maria. É sua pureza, sua modéstia, sua santidade, sua amabilidade que se refletem em vosso exterior. É sua bondade, sua mansidão e humildade, sua prudência e sabedoria que ecoam em vossas palavras e transparecem em vossas ações. Sua alma é o modelo de vossa alma. Ó esposo sacratíssimo, admiti-me em vossa puríssima companhia e tornai-me bem menos indigno de vós. * São José, que amor, que reverência e veneração, que submissão e obediência vos consagrou na terra, e vos consagra ainda na glória, a Mãe de Deus! Quanto vos ama vossa Esposa Imaculada! Uno-me a esta Mãe, dulcíssima dos meus amores, para louvar, São José, e peço-vos, que me leveis a vos amar, naquelas moradas ditosíssimas, onde o amor não tem fim. * Gloriosíssimo Santo, agradeço-vos de coração tudo quanto fizestes por aquela que é a minha Rainha e minha Mãe. Agora compreendo melhor os laços de eterna gratidão que devem prendê-la a vós. * Guarda de Jesus, guarda de Maria, sede também meu guarda. Nas tentações sede meu Pai que me proteja, defenda, ampare e leve para o céu,. São José, guardai meu corpo casto, mortificado, penitente. Guardai minha alma limpa de todo pecado e rica da graça de Deus. Guardai meu espírito reto, esclarecido, iluminado pela fé. Guardai meu coração puro, desapegado e ardente no divino amor. * São José, como sois grande! Jesus e Maria, habituados a obedecer-vos na terra, continuam a obedecer-vos no céu. Advogado meu poderosíssimo, rogai, intercedei por mim. * São José, quero conhecer Aquele a quem meu coração ama, quero amá-lo como amaram os Santos. Quero desfazer-me em amor pela Virgem, minha Rainha e minha Mãe. Sede meu iniciador nesta ciência divina. Dai-me amor. Fazei-me conhecer e amar a Jesus, meu Senhor, a Maria, minha Mãe e Senhora amabilíssima. * São José, vossa santidade é inigualável, sim, mas imitável, porque é simples e humilde como a do Filho de Deus. Entrego-me à vossa direção, fazei-me progredir cada dia na virtude, na graça, na santidade, no amor, até que minha alma se torne toda bela e toda amável ao Coração de Jesus, ao de minha Mãe do céu e ao vosso. * São José, bem sabeis que meu corpo teve sua primeira origem no limo da terra e que minha alma é um abismo de iniqüidades. Entretanto, guardai-me junto a vós, a Jesus e Maria. Concedei-me a graça de estar sempre ao vosso lado. Levantar-me-ei acima de mim mesmo e me tornarei todo semelhante a vós. * Defendei os interesses de Jesus que perigam. Salvai a santa Igreja de Deus. Livrai-nos dos escândalos. Desviai para longe de nós as ocasiões de perdição e de pecado. Guardai, São José, a inocência das crianças, a pureza da juventude, a dignidade do lar. * São José, quero tornar-me menos indigno de vós. Quero imitar em vida a vossa prudência, tendo vida de oração, apartando-me do pecado, do mundo e de tudo que me pode induzir ao mal. Quero obedecer às santas leis de Deus e procurar sempre fazer o que for do seu agrado, finalmente, esforçar-me para que minha vida não dê pesar na hora da morte. * São José, vejo-vos curvado sobre o tosco banco de carpinteiro, ganhando com o penoso trabalho o pão de cada dia. Contemplo-vos na oração, nos afazeres domésticos, no trato com o próximo, na vida de família e compreendo que minha santidade está em ser fiel em todas as coisas, mesmo nas mais pequeninas e ignoradas, à imitação vossa, São José. * São José, bendito carpinteiro de Nazaré, mostrai aos que têm o mesmo estado que tivestes na terra, que não há maior que sacrificar-se pelo bem da humanidade. Convencei-os de que a pobreza do trabalhador honrado não é alheia a um certo bem-estar relativo, que muito mais contenta e farta do que o luxo dos opulentos.Dizei-lhes que a paz e a felicidade fogem dos palácios e se refugiam nas choupanas. Sobretudo, São José, ensinai-os a acatar a santa vontade de Deus; a não querer ocupar, na sociedade, outro lugar, senão o que lhes foi assinalado pela Divina Providência, sempre justa, sempre reta, sempre cheia de amor e misericórdia. E depois, apontai-lhes o céu. Descortinai-lhes aos olhos os segredos maravilhosos desse reino eterno, onde o próprio Filho de Deus feito homem, foi na terra, pobre operário; sua Mãe divina, uma humilde donzela do povo; vós, Pai nutrício desse mesmo Deus humanado, um obscuro carpinteiro. * Este vosso filho e servidor, São José, como não sabe, se no fim da vida será capaz de invocar-vos, quer desde já pedir vosso amparo e valia para a hora suprema; quer que vosso nome bendito, o de Jesus e o de Maria, de tal modo, vivam no seu coração e nos seus lábios, que os possa pronunciar então, mesmo inconscientemente, como senha de salvação, que afugente todos os inimigos e lhe abra as portas do céu. * Poderosíssimo protetor e senhor de minha alma, São José, este vosso filho, tão mesquinho e necessitado, entrega-se todo ao vosso patrocínio. Velai sobre mim na casa de Deus, que é a Igreja, para que eu seja um dia morador da casa de Deus no céu. * A vós, Pai amantíssimo, São José recorremos, à vossa proteção nos entregamos. A vós confiamos tudo: corpo, alma, família, reputação, interesse, necessidade. De vós esperamos todas as graças necessárias à nossa salvação. Em vossas mãos depomos nossa alma, para que a santifiqueis. Ó Pai santíssimo, valei-nos sobretudo na hora da morte. Fazei-nos expirar em vossos braços, assistidos por Jesus e Maria, e levai-nos a ver, possuir e louvar a Deus, convosco, na glória da eternidade. Amém.   
São Pio X dava grande importância à devoçãoa São José e não deixava de inculcá-la aos fiéis.