11/06/2018 INCENTIVADO PARA TRABALHAR - SÃO BARNABÉ, APÓSTOLO

Segunda-feira, 11 de Junho de 2018 - São Barnabé, Apóstolo                                  

At 11,21-26; 13,1-3                                        Sl 98,1-6                                    Mt 10,7-13

INCENTIVADO-SE PARA TRABALHAR

“Barnabé partiu para Tarso à procura de Paulo” (At 11, 25)

 

Sempre que um humilde sofredor precisava de um defensor, o apóstolo Barnabé apresentava-se. Ele era uma esperança para aqueles que precisavam de uma segunda chance. Barnabé tomou Paulo sob a sua proteção quando Paulo arriscou sua vida para retornar a Jerusalém (At 9, 27). Barnabé apresentou Paulo aos apóstolos e falou de forma brilhante em nome dele. Sem a intervenção de Barnabé, os discípulos que estavam em Jerusalém teriam “se recusado a crer que Paulo era um discípulo do Senhor” (At 9, 26), por causa do seu histórico em perseguir zelosamente os discípulos de Jesus. Quando a igreja em Antioquia precisou de encorajamento e instrução, Barnabé trouxe Paulo para provê-la (At 11, 25 ss). Barnabé trouxe alívio financeiro para os cristãos em Jerusalém que estavam sofrendo os efeitos de uma fome (At 11, 30).

 

Quando Barnabé foi escolhido como o líder da primeira missão evangélica (At 13, 2), ele levou o seu jovem primo Marcos (Col 4, 10). O encorajamento de Barnabé a Paulo deu frutos quando Paulo saiu e proclamou a Palavra de Deus com grande poder. Logo Barnabé perdeu o seu cargo de liderança quando Paulo subiu ao topo da missão motivado pela sua poderosa pregação.

 

Quando a pressão aumentou, Marcos deixou a equipe missionária. Barnabé mais tarde tomou Marcos sob a sua responsabilidade quando Paulo se recusou a levar Marcos de volta (At 15, 37 ss). Mas a defesa de Barnabé para Marcos significou a perda do seu próprio trabalho na equipe missionária. E é neste ponto, que Barnabé desaparece nas páginas dos Atos dos Apóstolos. No entanto, o encorajamento humilde e altruísta de Barnabé deu frutos novamente. Marcos tornou-se um forte evangelista, até escrevendo um evangelho. Barnabé diminuiu, mas aos seus protegidos aumentaram muito (Jo 3, 30).

 

Oração: Pai, que eu possa levantar discípulos para Jesus tal como Barnabé.

Promessa:Recebestes de graça, de graça dai.” (Mt 10, 8)

Louvor: A grande fé de São Barnabé deu ótimos frutos. Ele se dedicou a seguir os sussurros do Espírito Santo, apesar de não conhecer antecipadamente o resultado final.