10/06/2018 ASSUNTO DE FAMÍLIA - 10º DOMINGO DO TEMPO COMUM Domingo, 10 de Junho de 2018   - 10º Domingo do Tempo Comum                                                                           

Gn 3, 9-15                                      Sl 130, 1-8                     2Cor 4, 13 – 5, 1        Mc 3, 20-35

ASSUNTO DE FAMÍLIA

“E correndo o olhar sobre a multidão.” (Mc 3, 34)

 

Jesus veio à Terra como homem e sua experiência de família foi o amor que fluía através da Sagrada Família (Lc 2, 39-40) e, mais tarde, através dos seus parentes (Mc 3,11-32). Jesus tem uma história familiar inimaginavelmente rica.

 

O evangelho de hoje apresenta um desvio abrupto da experiência familiar de Jesus. Jesus olha para a multidão sentada ao redor Dele (Mc 3, 34). Estas pessoas ficavam “em suspenso com as Suas palavras” (Lc 19, 48). Eles buscavam sabedoria, cura ou palavras de orientação de Alguém maior do que eles (Lc 11, 31-32). De repente, o Mestre é interrompido por uma intimação da sua família. As pessoas na multidão imediatamente percebem que o tempo delas com Jesus tinha acabado. Elas naturalmente assumem que Jesus deve cuidar dos assuntos da família e se prepararam mentalmente para voltar para casa, sem saber se o veriam novamente. Imagine o olhar nos seus rostos enquanto Jesus olhava carinhosamente para elas e lhes diz que elas eram a sua família, porque estavam fazendo a vontade de Deus (Mc 3, 34-35). Imagine a alegria de Jesus em compartilhar com elas o amor sem fim que fluía da sua família.

 

No batismo, você foi gerado do alto (Jo 3, 3), você recebeu uma nova natureza e adotou a família de Deus. Você não é mais um estranho; você está incluído na melhor família de todas. Viva o seu batismo. Faça a vontade de Deus. Viva no amor de sua família (Jo 15, 10).

 

Oração: Pai, Filho e Espírito Santo, que eu dê muito fruto por Vós (Jo 15, 8) e leve muitos milhares para a nossa família.

Promessa: “Quem faz a vontade de Deus é irmão e irmã e mãe para mim.” (Mc 3, 35)

Louvor: Louvado sejas Senhor, pela bênção das famílias santas, que são a espinha dorsal de qualquer sociedade. Glória a Vós Pai, Filho e Espírito Santo!