17/05/2018 A CRUZ DE PENTECOSTES - NOVENA DE PENTECOSTES 7º DIA

Quinta-feira, 17 de maio de 2018 -  Novena de Pentecostes – 7º dia

                              

At 22,30; 23,6-11                                              Sl 16,1.2.5.7-11                                                 Jo 17,20-26

 

                                                               A CRUZ DE PENTECOSTES

 

Não rogo somente por eles, mas pelos que, por meio de sua palavra, crerão em mim; a fim de que todos sejam um. Como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, que eles estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.” (Jo 17,20.21)

 

Durante esta novena de Pentecostes, estamos orando para recebermos mais profundamente a unidade do Espírito Santo (Ef 4,3) através da qual poderemos ser um como o Pai e Jesus são Um (Jo 17,21). No entanto, unidade não significa encobrir divisões; significa trazer à tona e enfrentar as divisões. Por exemplo, Paulo chamou a atenção para a desunião entre os fariseus e os saduceus (At 23, 6;7). Por causa disso, Paulo quase foi estraçalhado pelas forças rivais (At 23,10). Se nós recebermos o Espírito Santo da unidade, nós enfrentaremos a desunião e sofreremos por isso.

 

Isso representa um problema. Apesar de desejarmos a unidade com Deus, na Igreja, e até mesmo entre inimigos, nós provavelmente não queremos sacrificar as nossas vidas “... para congregar na unidade todos os filhos de Deus dispersos.” (Jo 11,52). Se não estivermos dispostos(as) a morrer pela unidade, não queremos receber o Espírito Santo da unidade. Pois Pentecostes, a unidade e o auto-sacrifício da morte caminham juntos.

 

Temos Pentecostes quando nosso amor pelo Senhor e pelas pessoas é mais forte do que o nosso egoísmo e o medo da morte (Ct 8,6). O amor é o condutor catalítico que nos leva a morrer para nós mesmos, construir unidade, e receber um novo Pentecostes. Isso, por outro lado, aprofundará muito o nosso amor, conduzindo ao martírio, à progressão de Pentecostes e à unidade Trinitária. Você amará o suficiente para clamar: “Vem, Espírito Santo!”?

 

Oração: Pai, eu decido agora amar-Te o suficiente para ser uma semente que cai na terra, morre e produz frutos abundantes (Jo 12,24).

Promessa:Na noite seguinte, aproximou-se dele [Paulo] o Senhor e disse: Tem confiança! ...” (At 23,11)

Louvor: Receber o Espírito Santo deu a Luiz um coração para a evangelização nas ruas.