06/02/2018 TRADICIONAL? - SÃO PAULO MIKI E COMPANHEIROS

Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2018   - São Paulo Miki e Companheiros

                      

 1Rs 8, 22-23; 27-30        Sl 84, 3-5; 10-11      Mc 7,1-13

 

TRADICIONAL?

 

"Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Em vão, pois, me cultuam, porque ensinam doutrinas e preceitos humanos" (Mc 7,6-7); (Is 29,13)

 

Existem tradições divinas - os ensinamentos ministeriais da Igreja e da Bíblia. Essas tradições divinas são a verdade (2Tes 2,15). E elas são imutáveis, não podem ser alteradas. Devemos adaptar as nossas vidas a essas tradições divinas. No Dia do Juízo Final, seremos julgados de acordo com essas tradições divinas.

 

Existem também tradições humanas. E estas muitas vezes são muito úteis para as pessoas. No entanto, às vezes, uma tradição humana torna-se uma fortaleza diabólica (2Cor 10, 4). As boas tradições humanas devem ser respeitadas, mas nunca devem ser colocadas acima das tradições divinas. As más tradições humanas devem ser derrubadas, pelo poder do Espírito Santo.

 

Como podemos saber se uma tradição é divina ou humana? Embora isso seja geralmente óbvio, às vezes, é uma questão de interpretação. A Igreja, que por sua vez é "o pilar e o baluarte da verdade" (1Tm 3,15), e é a única instituição que pode nos dizer com autoridade se uma tradição é divina ou humana. Como podemos saber se uma tradição humana é boa ou ruim? Embora provavelmente possamos saber isso pelo fruto da tradição (Lc 6, 44), isso pode demorar muito, ou ser uma questão de interpretação. Mais uma vez, precisamos da Igreja, caso contrário, provavelmente cometermos erros trágicos, mesmo que sejamos sinceros.

 

Graças a Deus por se revelar a nós e nos amar através das tradições. Agradeça a Deus pela Igreja e peça-Lhe a graça de se submeter à autoridade da Igreja.

 

Oração: Pai, eu posso te amar, bem como à Igreja e à Bíblia. Que esse amor me liberte.

Promessa: "Ouvi a súplica de vosso servo e de vosso povo de Israel, quando orarem neste lugar. Ouvi-os do alto de vossa morada no céu, ouvi-os e perdoai!" (1Rs 8,30)

Louvor: São Paulo Miki escolheu obedecer ao Senhor a obedecer ao imperador. Confiando plenamente em Deus, ele morreu como um mártir.