11/01/2018 COM QUE SE PARECE A SUA VOZ?

Quinta-feira, 11 de janeiro de 2018                                      

1Sm 4,1-11                         Sl 44,10.11.14.15.24.25                                  Mc 1,40-45

 

                                               COM QUE SE PARECE A SUA VOZ?

 

Ele, porém, assim que partiu, começou a proclamar ainda mais e a divulgar a notícia, de modo que Jesus já não podia entrar publicamente numa cidade ...” (Mc 1,45)

 

O leproso era um proscrito por causa de sua doença contagiosa. Pela lei de Moisés, o leproso deveria viver fora da cidade, manter distância de outras pessoas, e gritar “... Impuro! Impuro! ...” (Lv 13,45) se alguém se aproximasse. Era como se o povo das cidades próximas reconhecesse o leproso pelo som de sua voz.

 

Jesus, em Sua grande misericórdia, concedeu ao leproso o seu pedido. Ele foi curado da lepra pelo Seu toque e por Sua palavra de ordem. Jesus invocou novamente a lei de Moisés, que mandava que o leproso se apresentasse aos sacerdotes e fosse declarado limpo (Lv 14,2 ss). Não sabemos através do texto das Escrituras se o leproso se apresentou aos sacerdotes. Sabemos, no entanto, que o leproso se mostrou aos habitantes da cidade. É possível, e até mesmo compreensível, que o leproso quisesse “limpar sua imagem” com os habitantes da cidade de modo que eles permitissem que estivesse em sua companhia, e assim aceitar o som de sua voz ao invés de recuar ao ouvi-la. Possivelmente o leproso queria completar sua própria cura socialmente. Contudo Jesus nunca cura pela metade. Ao mandar o leproso se apresentar aos sacerdotes, a cura social do leproso ocorreria mais gradualmente, mas teria sido definitivamente mais completa e divulgada, bem como “legal”. Mais o leproso tomou um atalho, e Jesus pagou o preço desse atalho. Agora o leproso podia entrar livremente nas cidades, mas Jesus não podia (Mc 1,45).

 

Com que se parece o som de sua voz para aqueles que estão próximos a você? Será que se parece com a de uma pessoa que quer se fazer de importante? Ou parece com a de alguém que quer fazer aquilo que o Senhor diz? (Jo 2,5)

 

Oração: Jesus, que eu Te obedeça com exatidão por minha e por Tua causa.

Promessa:... Eu quero, sê purificado.” (Mc 1,41)

Louvor: Carolina curou sua tendência de se culpar falsamente e de desânimo dirigindo seus pensamentos para as coisas do alto (Cl 3,2).